slide-home

Tudo começou em 2002, era noite de 06 de maio na Rua Castro Alves, Centro de Ribeira do Pombal, nascia o Cursinho Pré-vestibular Kolping, preparatório para os vestibulares da UFBA, UFS e UNEB.

A determinação da Direção, talento e compromisso dos professores e a garra dos estudantes, culminou com aprovação da quase totalidade destes, já no primeiro ano. O sucesso conquistado, transformou a paixão e o idealismo inicial em um projeto educacional mais amplo, dando origem em 2013, ao Colégio e pré-vestibular Kolping.

O Centro de Educação Infanto-Juvenil, onde funcionava nossa escola já não cabia a nova demanda, alugamos uma casa na mesma rua e fizemos as adaptações necessárias, “a casinha”, carinhosamente chamada por todos, e isso incorporava na construção de cada aluno…uma escola interativa, solidaria e aberta a novas realidades. Sob esta luz, o Colégio Kolping continuava em sua nobre missão de iluminar as inteligências e plasmar os corações para tornar o homem num agente transformador de um mundo melhor.

Em 2004, incorporamos uma escola em Caldas de Cipó, nosso objetivo era implantar a forma de trabalho usada com sucesso no Colégio Kolping Pombal.
Ao longo dos 14 anos, construímos nossas sedes próprias, sem perder de vista o compromisso de desenvolver um conjunto de atividades para despertar no aluno o seu potencial cultural, artístico e social:

  • Com o Caça Talentos, garimpamos estudantes da rede pública e transformamos em engenheiros, professores, médicos;
  • No projeto Gincana, os estudantes construíram casas para famílias da periferia de Cipó e Ribeira do Pombal,
  • No Giro Cultural, tiramos os alunos do lugar comum, apresentamos e colocamos em prática a possibilidade de voos mais altos, visitando universidades dentro e fora do Brasil; nas campanhas beneficentes, nos tornamos parceiros incondicionais do Hospital da Criança com Câncer e outras entidades carentes, estimulando todos os dias, o exercício consciente da cidadania.

Na luminosa manhã de 2002, organizamos as cadeiras, assentamos a lousa e não paramos mais de trabalhar…

estrutura-kolping-19